(CLIQUE NAS IMAGENS PARA VÊ-LAS EM TAMANHO REAL)

Visto

O processo do visto de residência australiano consiste basicamente em três etapas:
- Reconhecimento de profissão
- Exame de inglês (IELTS)
- Aplicação pro visto propriamente dito.

É um processo um pouco longo (cerca de um ano), mas que vale a pena cada centavo investido e cada minuto de espera. Além disso, é importante contar com a assessoria de um bom agente imigratório.

Quando eu estava começando o processo, muito blogueiro me ajudou com dúvidas e dicas, então faço questão de passar adiante o help, ajudando quem precisar. Nesses vários anos de blog já perdi a conta de quantos emails recebi. Vi muita história de gente que se deu mal por causa da incompetência do agente, por isso faço questão de bater firme nesse ponto. Esse post AQUI, sobre uma agência que estava aplicando golpes em seus clientes (em alguns casos até os ameaçando de morte caso não se silenciassem) também é leitura obrigatória.

Não vou recomendar aqui o agente que usei porque vai parecer propaganda e esse blog não tem fins lucrativos, mas quem quiser indicação de qual agente usar (e também de qual agente NÃO usar) pode me escrever: duslompo@yahoo.com.br



274 comentários:

1 – 200 de 274   Recentes›   Mais recentes»
Anônimo disse...

Estou interessado em tirar o visto, mas nao sei nada sobre o prcesso e por omde começar poderia passar maiores informaçoes

Obrigado


Fabio - Florianopolis

Eduardo Slompo disse...

Oi Fábio,

Me manda um email (duslompo@yahoo.com.br) que vou te ajudando. :-)

Abraço

Anônimo disse...

Eduardo,

parabéns pelo blog e principalmente pela iniciativa de ajudar e tirar as dúvidas, dei uma navegada pelo blog e realmente estou impressionado.
As suas dicas e relatos são realmente bastante úteis.
Eu fiz meu planejamento e agora estou na fase da execução.
Você sabe me dizer se acertificação TOEIC é aceita ao invés do IELTS?

Abraço e sucesso.

Eduardo Slompo disse...

Olá,

Não, tem que ser o IELTS mesmo. Você já analisou se é elegível no checklist de pontos do departamento de imigração? Se quiser posso dar um help, manda um email pra duslompo@yahoo.com.br.

Abraço

L. Lima disse...

Eduardo,
te enviei um email agora com várias dúvidas que tenho.
Além das dúvidas explicitadas, qualquer outra ajuda que você puder me conceder será mais que bem vinda.

Já agradeço antecipadamente.
André Lima

Eduardo Slompo disse...

André, acabei de responder seu email.

Anônimo disse...

oi Eduardo, sou enfermeira e meu namorado e eu moramos na NZ faz 2 anos, gostariamos bastante de mudar pra AU mas precisamos nos planejar, soh pra tirar a duvida como voce fez o processo do visto, por voce mesmo ou contratou um agente? estavamos pensando em ir pra Perth pois ouvimos muitas coisas boas sobre a cidade, voce sabe se a demanda de emprego e o custo de vida sao interessantes?
desde jah agradeco.

Eduardo Slompo disse...

Oi,

Olha, infelizmente não vou ter como ajudar porque não tenho a mínima ideia de como funciona o processo para a área de saúde, só o que sei é o que ouço falar: que é demorado e bem complicado, cheio de testes.

Por outro lado, tenho certeza de que vale a pena no fim das contas, já que a área é excelente por aqui, seja em Perth ou em qualquer outra cidade "importante" (Sydney, Melbourne, Brisbane etc).

Boa sorte!!! :-)

Anônimo disse...

Boa Tarde,Eduardo.

Parabéns pela sua iniciativa em ajudar futuros imigrantes. Bem, minha dúvida é se diploma de tecnológico em gestão em TI é aceito ai na Austrália? Ou somente bacharelado? Obrigada.

Eduardo Slompo disse...

Olha, tecnólogo é sempre um caso complicado. Se vc tiver pelo menos 6 anos de formada, tranquilo, pode aplicar de boa. Se não tiver, tem que ter alguma pós, de preferência mestrado stricto-sensu. Vc se encaixa em algum desses cenários? Me responde por email: duslompo@yahoo.com.br.

Andressa disse...

Oi Eduardo obrigada pela iniciativa do blog esta ajudando muito nas dúvidas que eu tenho...
Sou formada em Jornalismo a três anos fiz estagio 2anos e meio e trabalhei 6 meses em uma empresa mas a dois anos não trabalho na area Meu marido é motorista a 10 anos como faço pra ter uma ideia se tenho chances de conseguir visto de residência?
Obrigada

Michelly Madson disse...

Olá Eduardo, tudo bem?

Primeiramente quero parabenizar vc e sua namorada pelo empenho e pelas conquistas desde que foram para a Austrália...
Bom, vê se consegue me ajudar: tenho muita vontade de trabalhar um tempo na minha área por aí. Sou Assistente Social, com sete anos de formação e atuação na área e já vi que minha profissão consta na lista da Embaixada. Além disso, já consultei os sites de busca por emprego e vi várias oportunidades. Contudo, meu inglês não é dos melhores e, por isso, pretendo estudar um pouco nos EUA mesmo, para me preparar para o IELTS e aplicar o visto de residente. Sei que vc não é da área, mas como sua namorada também é de uma área próxima, em que se trabalha muito com a linguagem, saberia me dar alguma dica sobre isso? Não sei se ela já está trabalhando na área, mas, caso não esteja, deve ter alguma noção sobre o nível de inglês para esse tipo de profissão. Agradeço muito sua atenção!
Abraços

Eduardo Slompo disse...

Andressa,

Olha, infelizmente a área de jornalismo é bem complicada. Não dá pra aplicar pro visto, vc teria que vir pra cá com algum outro visto não tão bom (de estudante, por exemplo) e aí tentar arrumar algo na área. De qq forma, é bem complicado, já que é uma área que exige inglês extremamente fluente. Sorry pelas bad news, mas infelizmente é a realidade... :/



Michelly,

O nível de inglês com o qual vc tem que se preocupar a princípio é o que vc vai usar no IELTS, só isso. Depois que estiver com o visto na mão vc vai vir pra cá e só então vai poder sentir como está seu nível com relação ao que o mercado pede.

Anônimo disse...

Oi Eduardo!
Parabéns pelo seu blog e por estar disposto a esclarecer dúvias e a ajudar outros em busca de melhor qualidade de vida.
Eu sou portuguesa (nas minhas buscas encontrei o seu blog e achei que, de vários que vi, o seu era o mais explicito)e estou pensando em emigrar para Austrália com o visto de residência permanente. A minha dúvida é que me disseram que após a obtenção desse visto eu não posso sair da Austrália durante 2 anos... isso é verdade?!! è que eu quero emigrar mas sou filha única e se acontecer alguma coisa com meus pais eu gostava de poder voltar ao meu país... Será que me consegue ajudar neste esclarecimento?
Obrigada,
Andreia

Michelly Madson disse...

Eduardo, muito obrigada!

Espero que em breve eu possa dar início a aplicação do visto. Ainda tenho muita coisa para resolver...será um longo preparo. Posteriormente, eu devo te pedir umas dicas para a aplicação do visto ;-)

Abraços

Eduardo Slompo disse...

Andreia, não sei onde você ouviu isso, mas não é verdade. Com o visto de residência você pode entrar e sair do país quantas vezes quiser e quando quiser.


Michelly,

Fique à vontade pra me escrever, é um prazer ajudar! Escreve pra duslompo@yahoo.com.br.



Abraços

Rodrigo disse...

Olá, gostaria de saber se o tempo de estágio conta como trabalho, pois já estagio na área a uns 4 anos e provavelmente quando formado estarei com uns 5 anos de estágio(sim, comecei a estagiar mt cedo!, no segundo período exatamente), meu curso é Ciência da Computação, o que vcs acham? Depois de formado estarei com inglês avançado e com uns 5 anos de estágio, será que eu consigo algum tipo de visto?

Anônimo disse...

Eduardo,blz?

Conheci o seu site, através da indicação de sua antiga professora de ingles de indaiatuba. Vi as suas respostas sobre os comentários da galera acima e acabei mandando um email antes para vc sobre as minhas dúvidas. Se der para dar um ajuda, será muito bom!! Valeu. Abs

Eduardo Slompo disse...

Rodrigo,

O tempo de estágio pode contar como experiência sim, mas de qualquer forma é obrigatório ter pelo menos um ano de formado pra poder começar o processo, então você não vai poder aplicar assim que se formar, vai ter que esperar mais um ano - relaxa, passa rápido. :-)



Anônimo,

Como estamos em férias no Brasil, nem tenho visto emails, mas fica sussa que assim que voltarmos pra Sydney (semana que vem) vou responder tudo com calma.

Curiosidade: qual professora te recomendou o blog?

Abraços

Alexandre Manoel da Silva disse...

Olá Eduardo
Tudo bom?

Estou planejando fazer um intercambio assim que terminar a faculdade, isso ainda vai demorar para acontecer (me formo em 2015 só). Então tenho bastante tempo para me planejar e resolvi começar de agora.

Pois bem, trabalho na área de TI, hoje sou programador em Mainframe (COBOL). Queria saber de você que esta ai qual a área de desenvolvimento que eu teria maiores chances de conseguir um emprego? (entrei em alguns sites e vi bastantes vagas para Java e C#).

Só mais uma dúvida, como pretendo ir como estudante (visto de estudante). Como é o processo para eu conseguir o visto permanente na Austrália?

Desde já agradeço seu tempo em me responder.
Abraços

Obs: Encaminhei esse mesmo comentário para seu e-mail.

Eduardo Slompo disse...

Alexandre, já respondi por email. :-)

Wallace Espindola disse...

Olá Eduardo,
Em primeiro luga, parabéns pelo blog! Curto e aprendo muito!

Trabalho com TI há mais de 8 anos, com desenvolvimento Java. Sou formado em engenharia elétrica, enfase telecom. MBA em engenharia de software.

Minhas perguntas pra você são:

1) Quanto custa em média, arredondando, o processo todo de imigração (a calcular a parte, tenho esposa e 2 filhos)?

2) Teria eu problema para revalidar minha formação, senda ela um tanto mista?

3) Do seu ponto de vista o mercado está bom aí pra TI / desenv java? Desde já, muito obrigado.

Grande abraço,
Wallace Espindola

Eduardo Slompo disse...

Oi Wallace,

O mercado pra Java continua bombando por aqui. Me manda um email dizendo sua idade, sua formação (bacharel ou tecnólogo), seu tempo de experiência total, seu seu tempo de experiência depois de formado (perceba que são duas coisas diferentes) e seu nível de inglês.

A partir daí a gente vai conversando e te respondo todas as perguntas.

Meu email é duslompo@yahoo.com.br

Abraço

Maiara disse...

Oi Eduardo!

Queria saber como ta o mercado de trabalho para Soldador ai na Austrália?

Eduardo Slompo disse...

Oi Maiara,

O mercado tá bom (é uma das profissões em demanda), mas precisa ter inglês avançado. É esse o caso?

Me responde por email: duslompo@yahoo.com.br

Davis Gordon Dun disse...

Oi Eduardo!

Antes de mais nada, parabéns pelo blog e por esse contato fantástico que você faz com as pessoas que gostariam de ir para a Austrália.

Meu caso é o seguinte, moro no Brasil desde os 3 anos de idade, porem minha nacionalidade é britânica, possuo o passaporte vermelho. Sou casado com uma brasileira e não temos filhos.

Sou desenvolvedor/arquiteto de software J2EE, tenho 15 anos de experiencia na área de TI, porem tenho apenas 3 anos de formação.

Meu inglês é intermediário por falta de conversação.

Gostaria de saber se o passaporte britanico facilita adquirir um visto de residencia e para trabalho.

Minha esposa pode ir comigo?

Estava pensando em ir ficar um tempo trabalhando de qualquer coisa ate melhorar meu ingles para depois procurar na area de TI, oque você acha?

Obrigado pelo help!!!

Davis Gordon Dun

Eduardo Slompo disse...

Fala Davis,

Qual sua formação?

Me responde por email: duslompo@yahoo.com.br

Abraço

Yuri Martins disse...

Olá Eduardo,te enviei um email sobre algumas duvidas que tenho e para saber qual seria o procedimento para adquirir um visto permanente.
Me formei no fim do ano passa em Gestão de TI e sou programador Java a 2 anos.

Você poderia me dar algumas dicas?
=D

Tudo de bom!

Eduardo Slompo disse...

Oi Yuri,

Já respondi seu email. :-)

Kleyton Lirow disse...

Olá Eduardo,

Sou graduado pela FATEC-SP em Processamento de Dados e trabalho como analista de sistemas há 6 anos.

Gostaria de saber se é possível aplicar para o visto permanente.

O curso tem duração de quatro anos(2592 h/aula) e isto me trouxe dúvidas se seria possível ele ser reconhecido pois li em algum lugar que aceitam cursos com no mínimo 2500 h/aula.

Muito obrigado e parabéns pelo blog!

Eduardo Slompo disse...

Fala Kleyton, blz?

Esse lance de 2500h/aula é boato de forum, não procede.

A FATEC é um mistério: não aparece na lista da ACS nem como bachelor nem como tecnólogo, então não se sabe o que vai acontecer.

Caso saia como tecnólogo, aí vai depender de outros fatores. Quantos anos de experiência DEPOIS DE FORMADO você tem?

Me responde por email, por favor, pra gente não poluir esse post: duslompo@yahoo.com.br.

Abraço!

Unknown disse...

Hello Eduardo, i just sent you an email, would you answer me please? Thank you, Ray.

Eduardo Slompo disse...

Hi Ray,

Just sent you an email back. :-)

Cheers

Anônimo disse...

Olá,

Lhe encaminhei um e-mail, preciso de orientações sobre minha carreira aí na Austrália, tb sou da área de TI.

Obrigada por compartilhar ótimas informações, estou viciada no seu blog..hehe

Att.
Flavia

Eduardo Slompo disse...

Oi Flávia,

Acabei de responder seu email.

Valeu por acompanhar o blog!

Abraço

Tatiana Gadelha disse...

Olá Eduardo,

Acabei de lhe enviar um email, pois tenho algumas dúvidas. Me formo este ano em TI, e pretendo fazer inglês e uma pós ai na Austrália.
Também gostaria de saber sobre oportunidade de emprego para brasileiros da área de TI.

Se você puder responder meu email agradeço muito,

Obrigada

Abraços

Tatiana - Brasília - DF

Eduardo Slompo disse...

Tatiana, acabei de responder seu email. :-)

Matrix disse...

Eduardo,

Já mandei um email pra você que por sinal já foi respondido :)

Vim aqui só parabenizá-lo pela presteza e pela ajuda que da a TODOS!

Ainda existe pessoas dispostas a ajudar os outros sem querer nada em troca, a não ser umas cervejinhas mais do que merecidas! hahahaha

Abração!

Eduardo Slompo disse...

Valeu, cara! Pois é, pagando umas cervejinhas quando chegar já tô mais do que feliz. :-)

Eloá disse...

Olá Eduardo!!!
Nosso planjamento a longo prazo é de um ano. Você pode nos ajudar no processo incial de visto pra trabalhar com TI? Te mandei um email...
Obrigada,

Felicidades

Eduardo Slompo disse...

Acabei de responder seu email, Eloá. :-)

Maycon Stallony disse...

Boa noite José Eduardo!
Primeiramente, parabéns pela iniciativa! É muito bom ver alguém assim como você ajudando outras pessoas após ter alcançado o sucesso.
Vi seu post no site profissionaisti.com.br e achei o máximo, é muito empolgante. Parabéns mesmo! Continue assim que você irá contribuir com o sucesso de muita gente ainda. E eu serei uma delas... rs
Como vc sugeriu em algumas respostas no site, para não poluir os comentários, irei lhe enviar um e-mail com várias dúvidas. Se tiver um tempinho e disponibilidade para responder minhas dúvidas e dar qualquer dica, será de grande agrado...

Abraços e sucesso!

Maycon Stallony

Anônimo disse...

José Eduardo, blz? Antes de tudo, gostaria de parabenizar você e sua esposa pelo Blog. Achei muito interessante e bastante enriquecedor para quem pretende se mudar para outro país. Bom, vou falar um pouco sobre a minha pessoa e posteriormente buscar esclarecer algumas dúvidas. Estou pensando em ir para Austrália este ano, em junho. Meu projeto inicial é aprender primeiro a me comunicar melhor fazendo aulas intensivas de inglês (sei apenas o básico) e, ao mesmo tempo, procurar um emprego meia-boca para me manter. Posteriormente pretendo encontrar algo na minha área [sou formado em Psicologia pela PUC-GO]. Quero me especializar na mesma área que sua esposa: PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL. Assim, gostaria de esclarecer algumas duvidas:

1. Com o visto de estudante dá para me matricular numa universidade australiana?

2. Quanto tempo leva para me especializar na area organizacional? Se puder, pergunte a sua esposa.

3. É melhor eu me especialisar no Brasil e posteriormente ir p Austrália em busca de emprego ou me graduar na Austrália?

4. Há emprego nesta area na Austrália? O salário e bom?

Por favor, me de algumas dicas. Se nao souber, pergunte a sua esposa. Estou um pouco perdido...

Leidiane Angela disse...

Oi eduardo,tudo bem?

-gostaria de saber se a profissão de enfermeira (de nível técnico) tem uma boa demanda por ai? e o salário?

- e de engenharia de produção,também há uma boa demanda? É necessário ter experiência ? me formo daqui a 3 anos e já estou me preparando para o curso de inglês.


Estou adorando o blog e cada vez mais sonho em morar na australia (eu e minha amiga).

Obrigada desde já!^^

Eduardo Slompo disse...

Maycon, acabei de responder seu email.

Leidiane, enfermeiras tem bastantes oportunidades por aqui, mas eu não tenho a mínima de como funciona o processo do visto de residência, só sei que é bem complicado e tem uma infinidade de provas de aptidão. Pra engenheiros de produção o cenário é melhor pq o processo do visto de residência é mais simples.

Pro anônimo q perguntou sobre psicologia:
1-) Dá, mas vai ser bem caro
2-) Dois anos
3-) Se tiver condições de fazer aqui vai ser melhor
4-) Há empregos sim e com salários bons

Abraços, pessoal!

Klaus disse...

Olá Eduardo, aqui é a Matera (estou na conta do meu marido não estranhe), veja se pode me dar uma luz:

Vc conseguiu o visto de residência fazendo aquela pontuação exigida, ou foi contratado por uma empresa antes (se é que isto é possível).

Pergunto isso pq estou confusa... para os vistos 189 e 190 vc tem q atingir 60 pontos, no 190 vc se tiver uma empresa ganha 5 pontos, entretanto esta marcado pontuação ou convite, o patrocínio dispensa a pontuação? ou é só no visto 489?

Minha ideal de migração seria ir já contratada, daqui do Brasil mesmo, é possível?

Um grande beijo e parabéns, vc deve ser um anjo!



Eduardo Slompo disse...

Oi Matera,

O visto de residência (189) não tem vínculo nenhum com empresa. Vir pra cá já contratado é bem difícil, não importa o quão bom vc seja. O melhor caminho é mesmo o 189: pega a residência, vem pra cá e procura trampo (em IT acha rapidinho).

Se tiver mais dúvidas, manda por email por favor: duslompo@yahoo.com.br

Abraço!

Mateus Guedes disse...

Opa, Eduardo!
Bom dia!

Aqui é Mateus de Pernambuco. Gostaria de saber o que você saber sobre a área de comunicação. Trabalho como fotografo e na área de vídeo, e sou formado em publicidade. Dei uma olhada na lista de empregos e não encontrei nada nessa área. Existe outras possibilidades? Ouvi dizer que você também pode achar um emprego na área e pedir o visto através do empregador/ sponsor. O que você aconselha.

Parabéns pelo blog. Ele é muito útil.

Abraço

Eduardo Slompo disse...

Fala Mateus,

Realmente quem é da sua área não pode aplicar pra residência (até onde sei), mas pode vir pra cá com visto de estudante (ou de Working Holiday se tiver cidadania italiana) e tentar achar algo na área. Se mostrar um bom serviço pode tentar convencer o patrão a dar o visto de trabalho (o famoso "sponsor"). É um longo caminho, mas pode dar certo. :-)

Abraço, qq coisa manda email

Pergentino disse...

Olá Eduardo,

te enviei um e-mail com dúvidas pontuais, mas você poderia informar o custo total deste processo de tirada do visto?

Além disso, qual o motivo da demora de 1 ano?

Abraços.

Eduardo Slompo disse...

Fala Pergentino,

Acabei de responder seu email.

O custo do processo é algo em torno de 8 mil dólares, mas não assusta não, é pago aos poucos, no decorrer do processo, então dá pra se planejar. Sem contar que isso não é nada perto da grana q vc vai ganhar aqui.

O processo demora porque ele é bem detalhado, envolve vários documentos e todo ano são emitidos milhares de vistos, portanto não tem como ser algo rápido.

Abraço

Eduardo Sarmento disse...

Boa tarde Eduardo, primeiramente parabéns pela iniciativa e pela ajuda.
Sempre gostei da Australia, e sempre pensei em estudar e trabalhar ai.
Já acompanho seu blog a algum tempo e uma dúvida que tenho é se consigo mudar o visto de estudante para este de residência.
Meu ingles não é bom suficiente para passar no IELTS, e estava pensando em ir com visto de estudante e depois tentar mudar para o de residência.
Sou formado em Tecnologia em Desenvolvimento de Sistema e trabalho com desenvolvimento a uns 3 anos.

Eduardo Slompo disse...

Fala Eduardo,

Essa é a pergunta que mais recebo por email. Infelizmente não é tão simples assim. São 3 passos:
1- Conseguir trampo em IT
2- Conseguir o sponsor do patrão
3- Aplicar pra residência

O passo 1 já é bem difícil, já que com visto de estudante a maioria das empresas não contrata. Caso vc consiga algo, vai ter que mostrar um ótimo trabalho a ponto de convencer seu patrão a te dar o sponsor (visto de trabalho). Depois de completar 2 anos trabalhando pro mesmo patrão com o visto de sponsor, aí sim vc vai poder aplicar pra residência.

É um longo processo e não é fácil. De qualquer forma, tem gente que consegue, tudo depende de correr atrás e também de dar sorte.

Minha recomendação é sempre a seguinte: se vc pode aplicar pra residência, aplique. Só venha como estudante se for a única opção.

Abraço!

Eduardo Sarmento disse...

Entendi, muito obrigado Eduardo.

Abraço.

Anônimo disse...

Olá Eduardo.
Parabéns pelo excelente trabalho de ajuda aos imigrantes.
Enviei-lhe um mail com algumas dúvidas, se puder ajudar agradecia-lhe imenso.

Cumprimentos,
Miriam

Eduardo Slompo disse...

Acabei de responder seu email, Miriam. :)

Anônimo disse...

Ainda está valendo apena imigrar para trabalhar com TI? Trabalho com SOA, JAVA, Websphere e Integração de Sistemas.

Sabe dizer se o mercado está saturado de profissionais na área de TI?

Eu vi esses dias uma reportagem que esse ano 88 mil imigrantes de todas as áreas abandonaram a Austrália.

Qual a sensação que você tem?

Eduardo Slompo disse...

O mercado continua muito bom pra IT, esse tipo de informação é um pouco de terrorismo. Java, .Net, PHP, Oracle, SAP... tem vaga pra todo mundo, desde que o cara tenha o visto de residência em mãos.

Isaac Mendes, CCNA, CAPM, ITIL E COBIT. disse...

Olá Eduardo!

Vcs falaram muito a respeito de programação... Mas sobre a area de infra(redes, telecom e videoconferencia)? O mercado é bom?

Abraço

Eduardo Slompo disse...

Oi Isaac,

O mercado muito bom sim, o problema é que infra não tá mais na lista de profissões pras quais pode-se aplicar pra residência... :/

Abraço

Eliton Gadotti disse...

Eduardo, parabéns pelo blog e iniciativa de ajudar os outros. Valeu pela atenção e resposta do e-mail que te enviei! Um dia chego lá. hahaha.

Eduardo Slompo disse...

Valeu Eliton! Vamos nos falando :)

douglas disse...

Blz? Então, sou formado em tec eletronica, formarei agora em ciência da computação 12/2013, tenho 22 anos e correr atrás do IELTS e OCJP e ZEND até o fim do ano que vem, tenho mta experiência como php (6 anos) e uns 2 de java, acha que vai ser fácil e promissor aí? você já foi com sua esposa? porque tenho um namoro longo, penso em leva-lá para aí mais para frente (ela faz eng eletronica, como anda o mercado)?

Pensava em ir pra china, mas o idioma é muito dificil, aprendi o básico, irlanda pela x de conhecer europa, porém a remuneração e qualidade de vida está mais favorável a australia, o que acha?

douglas disse...

outra pergunta, você tem intenção de voltar para o brasil, quando ou a partir de qual meta atingida? (ainda estou lendo o blog desculpa se já tiver a resposta e eu preguntei)? vi que comprou uma casa aqui e tals, nao pensa em criar os ninos que possam vir aí não?

Eduardo Slompo disse...

Fala Douglas,

Seu cenário tá bom, sua área é muito boa por aqui, vc ainda é novo e além de tudo vai se formar bacharel, isso é muito importante. Quando completar dois anos de formado vc já vai poder aplicar pro visto de residência. Até lá, vai estudando inglês e guardando grana, afinal de contas o processo é caro.

Sua namorada vem como "agregada" no processo com vc, não esquenta a cabeça com isso, ela tb recebe o visto de residência.

A gente pensa em voltar pro Brasil depois que conseguirmos a cidadania (daqui dois anos), mas tudo pode mudar, vamos ver como as coisas caminham.

Abraço!

Sidnei Barbosa disse...

Eduardo,
Parabéns, primeiramente. Seu blog é muito bacana mesmo! É raro vermos pessoas com tamanha disposição para ajudar verdadeiramente. Obrigado.
Te mandei um e-mail há pouco. Sou gestor de TI há vários anos e gostaria de verificar contigo se o mercado estaria bom pra mim aí. Sempre quis ter uma experiência internacional. Porém, cheguei aos 40 e não sei se isso atrapalha.
Grande abraço e parabéns novamente

Eduardo Slompo disse...

Sidnei, acabei de responder seu email. :)

douglas disse...

então digamos que como agregada, sem fazer ielts ou conseguir o skilled, ela viria como visto de permanencia residente e como namorada, sem documentos de comunhao de bens ou algo do tipo? Parece meio vago isso porque pode ate ter um trafico de pessoas aí hehe, seria apenas por na listagem dos documentos de requisição do visto os meus dependentes ou agregados no caso? ( com certeza deve ter um limite ou algum meio de comprovar algum vinculo não?) [N Perguntas embaralhadas, mas dont worry mate]

Eduardo Slompo disse...

Claro que precisa de documentos, Douglas. Vcs vão ter que comprovar que tem um relacionamento e isso é feito através de documentos que contenham o nome dos dois: extratos bancários, passagens aéreas, contas, fotos etc.

Fabiana Macari disse...

Olá Eduardo!!!

Parabéns pelo Blog!!

Enviei e-mail com algumas dúvidas!!

Obrigada!

Abraço e sucesso aí na Austrália!!!

Fabiana

Eduardo Slompo disse...

Acabei de responder :)

Douglas Jam disse...

voce fez o que era o processo skilled equivalente ao 189 hoje certo? quantos pontos conseguiu?

tecnicamente eu estaria com 60 no prego se tiver sorte no ielts [ 25 idade, 10 (7 ielts) ou 0 (6 ielts), 10 pontos overseas employment 5+ anos, 15 bachelor degree ] = 25+10+10+15 = 60

caraca ta meio tenso ou é assim mesmo?

Eduardo Slompo disse...

Isso, Douglas, mas na minha época o teste de pontos era diferente, outros valores.

Me manda um email (duslompo@yahoo.com.br) e me responde o seguinte: sua formação é em quê? Foram quantos semestres? Quanto tempo de experiência vc tem depois de formado? Esses 10 pontos de overseas employment me soam estranhos, tem como vc dar mais detalhes sobre isso?

Abraço

Fernando Duarte disse...

Olá Eduardo,

Sou engenheiro civil recém formado. Qual a possibilidade de eu conseguir emprego na área e fazer uma especialização?

Obrigado pela ajuda!

Eduardo Slompo disse...

Fala Fernando,

A demanda pra engenharia civil continua alta, conseguir emprego não vai ser problema desde que vc tire o visto de residência. Sem ele não importa o quão bom vc é, ninguém vai te contratar.

Abraço

Carla disse...

Oi Eduardo,
Seo blog é fantastico! Sou médica e consegui um estagio em Sydey.Estou na fase final da papelada! Meu estagio começa em Janeiro e estou comeácndo a organizar minha mudança.Olhei alguns apes mobiliados na internet mas alguns blogs recomendaram não fechar nada ainda no Brasil. Dá pra fechar alguma coisa rapido se deixar pra procurar aí?
Outra coisa, vc prefere HSBC ou Citibank para transfeir $ do Brasil para aí?
Muito obrigada pela iniciativa!

Eduardo Slompo disse...

Oi Carla,

Antes de mais nada, parabéns pela conquista, não é pra qualquer um!

Recomendo vc só alugar depois que estiver aqui e visitar pessoalmente o apê. Fechar estando aí é arriscado, vc pode acabar se decepcionando quando chegar aqui, sem contar que é bem difícil achar proprietários que aceitem alugar nessas condições.

Não sei como o Citibank funciona, mas o HSBC Premier é excelente, não tem tarifa nenhuma além do IOF, que é obrigatório.

Abraço e boa sorte na jornada!

Denis Storti disse...

Oi José, excelente blog.

Você é muito pró ativo em ajudar o pessoal que quer imigrar também.

Sou analista e desenvolvedor e te mandei um email contando minha situação.
Aqui minha dúvida é se no IELTS eu preciso somente 'passar', ou preciso ter uma certa nota?

Valeu!!!

Vinicius Oliveira Silva disse...

Olá Eduardo, primeiramente gostaria de parabeniza-lo pelo seu blog.
Eduardo é o seguinte pretendo me formar em analise e desenvolvimento de sistemas, essa profissão me da chances de imigrar para a Austrália, pelo processo de skilled worker? fiquei meio confuso com a lista de profissões, além dessa possuo algumas outras duvidas se vc puder me ajudar ficarei muito grato. valeu, abraço.

Eduardo Slompo disse...

Denis, já respondi teu email.

Vinicius, depende de várias outras coisas: sua formação é de bacharel ou tecnólogo? Quanto tempo de experiência vc tem no total? E depois de formado? Qual sua idade atual? E o inglês, como tá? Me manda as respostas por email (duslompo@yahoo.com.br) e a gente vai se falando.

Abraços!

Natacha Duarte disse...

Olá, Eduardo, excelente iniciativa.
Eu e meu namorado estamos pensando em ir pra Australia. Um pensamento longe ainda de ser realizado. Mas de inicio gostaria de saber quais profissões são aceitas na residencia?
Onde encontro essa lista?
Muito obrigada.

Abraços e tudo de bom :)

Eduardo Slompo disse...

Natacha, a lista tá aqui: http://www.immi.gov.au/skilled/general-skilled-migration/skilled-occupation-list.htm

Jair Elton Batista disse...

Olá Eduardo,

Andei lendo muitos seus artigos (aqui no blog e no PTI), e agora estou tomando coragem para iniciar o processo do visto.

Tenho bastante experiência com Java, uns 8 anos, quase sempre como PJ, tenho várias certificações e atualmente trabalho como Desenvolvedor Java Sr. Porém, só me formei agora em 2013. Qual o impacto disso na obtenção do visto? Será que terei dificuldade por não ter muito tempo de formação e por não ter carteira assinada?

E os salários por aí, como andam? Também me preocupo um pouco com o custo de vida, que já ouvi dizer que é bem alto.

Muito obrigado pelos artigos, tem sido a melhor fonte de informações que encontrei até agora.

Abraço.

Eduardo Slompo disse...

Fala Jair,

Os salários continuam ótimos e o mercado também. Custo de vida não é uma preocupação pra quem trabalha com IT, pode ficar tranquilo.

Sobre o visto de residência, vc tem que ter pelo menos um ano de formado pra poder iniciar o processo, então no momento vc ainda não pode aplicar, mas fica tranquilo que sua hora vai chegar.

Até lá, vai estudando inglês e guardando grana. Ah, e acompanhando o blog, claro. :)

Abraço, qq coisa pode mandar email (duslompo@yahoo.com.br)

Anônimo disse...

Olá Eduardo, show de bola seu blog, parceiro minha situação é que já estou aki na Austrália, Sydney a 6 meses e estou renovando por mais um ano, conferi minha pontuação p visto 189 tenho 55 pontos sem o IELTS, então se conseguir vou pra 65, minha formação é engenharia metalúrgica tenho 10 anos e meio de experiência mas pelo que sei só conta experiência após a formação mesmo assim tenho 5 anos e meio. Para a questão do reconhecimento de profissão não sei nada como funciona e qnt a aplicação é demorada tb mesmo estando aki na Austrália?, vc esta morando na Austrália? Qual cidade?.
Ass: Rodrigo Eduardo.

Eduardo Slompo disse...

Fala Rodrigo,

Cara, não conheço o processo do reconhecimento de profissão pra sua área, só pra TI mesmo, fico devendo essa.

O processo é demorado de qq jeito, não importa onde vc esteja morando... :)

Abraço e boa sorte!

Rodrigo Eduardo Tamasia Da Silva disse...

Ok. Eduardo, muito obrigado pelo seu retorno.
Abraço.

Anônimo disse...

Ola Eduardo!
Sei que esse post eh bem antio, mas eu conheci seu blog agora e fiquei bem interessada em saber se vc poderia me ajudar esclarecendo algumas duvidas sobre visto e validacao de diploma de engenharia de producao. Te enviei um email com algumas informacoes e as duvidas.
Agradeco desde ja!!!
Gisele

Eduardo Slompo disse...

Oi Gisele,

Acho que não recebi seu email, vc tem certeza que mandou certo? Manda de novo, só por garantia: duslompo@yahoo.com.br

gabifranzoni@hotmail.com disse...

Oi Eduardo. Mandei um e-mail pra você. Se puder me ajudar!! Agradeço muito!!

Eduardo Slompo disse...

Acabei de responder seu email, Gabi :)

Rodrigo Rodrigues disse...


Sou formado em Tecnologia de redes (curso de tecnologo) e trabalho a mais de 5 anos como programador asp.net, fiquei em duvida se consigo validar minha profissao para conseguir visto por skill.
sera que consigo ou somente se for bacharel?

outra coisa que fiquei em duvida é que a trabalho a cinco anos mas sou formado a 2 anos, isso faz diferença na contagem de pontos?

Eduardo Slompo disse...

Rodrigo, acabei de responder seu email. :)

caroline xesquevixos disse...

Ola Eduardo td bem? Parabéns pelo blog ���������� Será que vc pode me ajudar com uma dúvida? Como é feita a contagem de tempo de experiência em carteira, especificamente no sentido de uma empresa assina a carteira como programador, outra como analista de sistemas, outra como desenvolvedor, etc, como isso é avaliado? Muitooooo obrigada

Anônimo disse...

Olá Eduardo, tudo Bom?

Você sabe se é possível aplicar para o visto 190- Skilled permanent em 2 carreiras diferentes? por exemplo para consultor de negócios administrativo e consultor de negócios de engenharia.

Obrigada!

Danila

Eduardo Slompo disse...

Danila,

Não pode. A única coisa que talvez seja permitida é fazer dois processos completamente separados. Pra ser honesto, acho difícil eles permitirem, mas não custa pesquisar.

Abraço!

Herik Silva disse...

Ola Eduardo, tudo bem?

Te enviei um e-mail hoje com uma dúvida, que inclusive é parecida com esta aqui que vc respondeu pro Rodrigo a pouco tempo:

"outra coisa que fiquei em duvida é que a trabalho a cinco anos mas sou formado a 2 anos, isso faz diferença na contagem de pontos? "

Minha dúvida é exatamente essa. Quando tiver um tempinho ai, da uma olhada la no e-mail, por favor. rsrs
Parabéns pelo blog cara, vc nos ajuda muito. Que a sua recompensa seja em dobro.

Abraço!

Eduardo Slompo disse...

Herik, acabei de responder seu email. :)

Anônimo disse...

Olá Eduardo, parabéns pela iniciativa e pela clareza de suas explicações no seu blog. Mandei um e-mail para você (duslompo@yahoo.com.br) explicando 'minha situação' e gostaria de suas opiniões a respeito.
Obrigado pela atenção. Abraço.
Paulo.

Eduardo Slompo disse...

Acabei de te responder, Paulo :)

Anônimo disse...

Olá Eduardo, sou engenheiro mecânico recém formado com alguma experiência mas nada relevante. Gostaria de saber se é possível uma pessoa com o meu perfil conseguir o visto permanente para trabalhar na área. Não sei se conta mais já morei na Austrália como estudante. Valeu e parabéns pelo site!

Eduardo Slompo disse...

Olá,

Pra poder aplicar pro visto de residência vc precisa ter pelo menos um ano de formado. Vc se formou há quanto tempo?

Me responde por email: duslompo@yahoo.com.br

Abraço

Rosy disse...

Olá, sou auxiliar de dentista com curso de THD, e meu esposo é professor de magisterio é foemado em matematica e está terminando pedagogia.
Gostariamos de ir para a Austrália, estou pesquisando várias coisas, poderia me indicar um agente.
Ai tem bastante empregos nessas áreas?
como funciona o ensino nas escolas para a contratação de professores?

Anônimo disse...

Olá Eduardo. Parabéns pelo desprendimento em ajudar tantas pessoas que nem conhece, atitude muito nobre! Sou pedagogo e educador fisico, mas não falo ingLês. Não me importaria em começar tudo de novo aí, ou seja, indo como estudante e família como dependentes. O que me diz do TAFE? Ralando pra caramba o inglês por aí, vc acha que é possível fazer uma pós graduação e depois de uns 3 anos tentar o visto de residência ? desde já, grato pela generosidade e atenção. Kaiser Marcelo (te mandei e-mail)

Eduardo Slompo disse...

Rosy e Kaiser, acabei de responder vcs dois.

Unknown disse...

Olá Eduardo,
Parabéns pelo seu blog, muito interessante pelo fato que vc sempre está disposto a ajudar.
Tenho algumas dúvidas e gostaria de saber se poderia me ajudar.

Sou formado em Técnico em Metalurgia, mas iniciarei minha gradução tecnologica em Analise e Des. de sistemas, minha noiva está cursando fisioterapia, gostaria de saber quais as reais chances que depois que nos formarmos, conseguirmos o visto de residencia ?

Dante

Anônimo disse...

Boa tarde Eduardo.
Acabei de lhe enviar um email com algumas duvidas, como está o mercado de trabalho para biologos marinho e oceanografos?
Atenciosamente
Leo Alves

Eduardo Slompo disse...

Dante,

Quem é tecnólogo só pode aplicar pro visto de residência depois de 5 anos de formado. É melhor vc partir pra um bacharelado mesmo. Qualquer coisa manda email: duslompo@yahoo.com.br

Léo, acabei de responder seu email.

Sarah disse...

Boa noite, tenho interesse em morar na austrália. Sou formada em Bacharel em Administração e nível de inglês básico do básico, porém estou atrás de aprender, sou casada e meu marido é mecânico automotivo, temos alguma chance? por onde começamos? Desde já agradeço

Eduardo Slompo disse...

Oi Sarah,

O único cenário possível pra vcs é vir com o visto de estudante. Me mande um email (duslompo@yahoo.com.br) que te explico melhor.

Abraço e feliz 2015! :)

Rafael disse...

Boa tarde Eduardo,

Meu nome é Rafael, tenho um sonho de ir morar na Austrália desde 2008, mas nunca conseguir realizar por causa de dinheiro.
gostaria de saber qual a forma mais barata de realizar esse sonho.
tenho 25, sou estudante de Fisioterapia, massoterapeuta, professor de dança de salão e corretor.
o quê posso arrumar com esse currículo??

desde já agradeço.

Eduardo Slompo disse...

Rafael, acabei de responder seu email. :)

Mauri Delsin disse...

Ola Eduardo,
Meu nome é Mauri tenho 27 anos sou marceneiro a 2 anos porem não tenho nenhum curso pois iniciei como aprendiz em uma marcenaria e depois comecei a trabalhar sozinho. Já fui para a Australia e fiquei em Brisbane por 8 meses, porem era muito novo e acabei voltando para o Bra, agora que eu fiquei sabendo que marceneiro é uma das profissões que estão em alta ai fiquei muito interessado em voltar. Estaria indo eu e minha namorada que é comissária a 4 anos na TAM e se eu não me engano Flight attendant também está na lista confirma?. Vi também alguns cursos de marcenaria na australia porem são extremamente caros para estrangeiros em torno de 22 mil doletas o curso de duração de 1 ano e meio. O que você acharia melhor eu fazer para voltar pra esse país maravilhoso?

Grato desde já.

Att,

Mauri Delsin

Eduardo Slompo disse...

Fala Mauri,

Realmente os cursos são bem caros, não acho que seja a melhor estratégia. Flight Attendant não tá na lista, mas marceneiro tá sim, então acho que esse é melhor o caminho a seguir: aproveitar que tá na lista e aplicar pro visto de residência (também conhecido como Skilled Visa 189).

Eu não conheço o processo do visto pra sua área, só conheço mesmo pra área de TI (minha área), então o que recomendo é você dar uma entrada no site do TRA, que é o órgão que faz o reconhecimento de profissão pra marceneiros: www.tradesrecognitionaustralia.gov.au, lá vai ter as infos de que você precisa pra fazer o processo.

Outra boa fonte de informações é o Forum Canguru, lá tem info pra todas as áreas de atuação.

Boa sorte na jornada!

Ah, não esquece de dar uma conferida no "Post Mais Importante do Blog", tá lá no cabeçalho do blog. Valeu!!!

Carlos Henrique Aguiar Aguiar disse...

Brother, Eduardo
Já mandei um email pra você.

aguardo sua resp!?

Atenciosamente,
Carlos Henrique

Eduardo Slompo disse...

Acabei de responder, Carlos. :)

Anônimo disse...

Ola Eduardo, sou formada em turismo...como é essa área na Australia?

Obrigada
Fabiana

Eduardo Slompo disse...

Oi Fabiana,

Olha, essa é uma pergunta difícil pra eu te responder viu... não tenho contato com ninguém dessa área, mas pra falar a verdade a impressão que tenho é que há demanda pra profissionais do turismo, já que as principais cidades australianas são grandes pontos turísticos e recebem milhões de visitantes por ano.

Vc tá com que idade? Como tá seu inglês? Me responde por email, por favor: duslompo@yahoo.com.br

Irapuan disse...

Olá Eduardo, acabei de te mandar um email com algumas dúvidas de imigração e sobre o mercado de trabalho para programadores em Sydney.

Aguardo sua resposta, muito obrigado

Eduardo Slompo disse...

Irapuan, acabei de responder teu email.

Anônimo disse...

Olá,

Onde encontro a lista das profissões em alta?

Obrigado!
Fabio.

Jose Leandro Terto Dos Santos disse...

Bom dia, Eduardo!


Sou Chef de Cozinha com 5 anos de experiência,  estou me formando em Gastronomia este ano 2015 , tenho 43 anos. Vou fazer a prova do IELTS este ano. Gostaria de saber se tenho alguma chance no processo para atingir a pontuação. 


Esta profissão esta na SOL de 2015.


No site de imigração da Australia, informam que se a aplicação for para areas de menos população consigo mais pontos. Você sabe me dizer?


Já tenho uma outra formação acadêmica(Marketing). Ajuda em alguma coisa?


No aguardo. 

José Leandro

Eduardo Slompo disse...

Fábio,

A lista está aqui: www.immi.gov.au/Work/Pages/skilled-occupations-lists/sol.aspx


José Leandro,

Acabei de responder um email seu, não tinha tantas infos como esse post aqui, mas pelo menos o canal de contato já tá estabelecido, vamos nos falando por lá.

Anônimo disse...

Bom dia Eduardo. Acabei de encaminhar um email com algumas duvidas no processo de visto. Assim que puder peço responder. Agradeço antecipadamente sua ajuda. Simone

Eduardo Slompo disse...

Acabei de te responder, Simone. :)

junnio nunes disse...

Ola Eduardo! Parabens pelo blog! Tenho uma duvida e talvez possa me ajudar, estou indo ano que vem para Australia como estudante, vou para estudar ingles. Sou tatuador e vi q tem que ter uma licença para tatuar la, vc sabe me dizer se com o visto de estudante eu consigo essa licença ? Obrigado!!

Eduardo Slompo disse...

Fala meu,

Cara, não tenho como te garantir com 100% de certeza, mas imagino que o visto não interfere em nada na hora de tirar a licença. Pra confirmar, posta essa pergunta lá no grupo "Brasileiros em Sydney" do Facebook, tem vários brazucas tatuadores lá, eles vão te ajudar com certeza.

Abraço e boa sorte!

Ah, não esquece de dar uma conferida no "Post Mais Importante do Blog", o link tá lá no alto da página... :)

Yuri R S A disse...

Primeiro, não poderia deixar de elogiar sua iniciativa.
Meus parabéns pelo Blog, pois está sendo de grande ajuda a muitas pessoas, com certeza.

Boa noite,
Minha dúvida é a seguinte:

Estou com 39 anos e voltando a estudar inglês a rítmo acelerado (nível básico ainda mas com facilidade para o estudo) contra o tempo e sou de uma área não boa para imigração da Austrália,acho eu...Direito...
Assim, estava pensando em fazer algum curso técnico profissionalizante para ir como técnico em alguma coisa relacionada à informática...
Não sei se há demanda ai...sei lá...
Instalação e manutenção de redes...de micros....etc etc
Algo do tipo até minha esposa conseguir estudar inglês e tentar a vaga dela em paralelo (Ela é enfermeira com vasta experiência em Urgência Hospitalar, o SAMU aqui no Brasil e em hospital).

Pois bem, vc recomendaria algo?
Há chances assim??
ou eu deveria procurar ( o tempo é curto até os 50 anos, data limite não é isso?) uma segunda graduação ( estava pensando em Análise de sistemas)..

Enfim qual a dica para esta minha situação....se é que tem saída...rsrsrs

Eduardo Slompo disse...

Fala Yuri,

Olha, realmente é uma situação não muito boa.

Direito não rola, as leis são completamente diferentes e vai muito tempo até vc conseguir ter suas qualificações reconhecidas pra poder trabalhar aqui.

Se vc fizer outra graduação, vai ter poucos pontos pelo tempo de formado, e como já vai ter mais de 40 anos tb vai ter poucos pontos pela idade, ou seja, tb não vai rolar.

Como enfermeiro está na lista de profissões que podem aplicar pro visto de residência, tenho a impressão de que o melhor cenário seria sua esposa fazer o processo do visto e vc entrar como dependente.

Ela tá com que idade? Como tá o inglês dela?

Me responde por email pra não poluir os comments: duslompo@yahoo.com.br

Abraço

Marcelo Belli de Oliveira disse...

Eduardo,

Tenho 32 anos e trabalho na área de suporte e consultoria de T.I. com bastante experiência em Linux a mais de 10 como autônomo e possuo uma empresa registrada a 5 anos. Comecei esse ano um tecnólogo de Análise e Desenvolvimento de Sistemas e concluo o curso em 2,5 anos. Minha idéia seria ir para Austrália após o curso.

O que vc sugere?

Abraços

Adriana Oliveira disse...

Olá Eduardo.. Td bem?!
Obrigada pela oportunidade e parabéns pelo blog!tenho 29 anos e meu esposo 28..somos técnicos de enfermagem e tenho experiência na área há 10 anos...não tenho superior em enfermagem!! Existe possibilidade de exercer a profissão aí pelo tempo de.experiencia??? Estamos pensando muito na possibilidade de morar aí.. Precisamos aprender inglês ainda..mas como a previsão é pro ano q vem, estudaríamos a finco para ter pelo.menos nível intermédiario!!
E quanto ao investimento inicial??? Qto em reais vc sugere ser o suficiente para irmos??
Não temos filhos..e ter grandes luxos não é nossa prioridade no início rs...
Obrigada!!!

Eduardo Slompo disse...

Marcelo, o que complica no seu caso é a sua área de atuação, que não pode aplicar pro visto de residência. A única alternativa que vejo é vc vir pra cá estudar inglês e "ir ficando".

No começo vc só consegue empregos como garçom, faxineiro etc, mas com o tempo vai se ajeitando e pode até chegar a conseguir um visto de sponsor em alguns anos e, posteriormente, o de residência.

Se for algo que te interessa, me manda um email (duslompo@yahoo.com.br) que posso te recomendar uma agência de confiança pra te ajudar com os trâmites do curso de inglês e do visto de estudante.

E não esquece de conferir o "Post Mais Importante do Blog", o link tá lá no alto. :)




Adriana,

Eu só conheço os detalhes do processo do visto de residência pra área de TI, não sei como funciona pras outras áreas, mas pelo menos posso te dar um caminho inicial: pesquisa no site da ANMAC (www.anmac.org.au) sobre o Skills Assessment, especificamente sobre fazer ele sem ter curso superior. Outra dica importante é vc dar uma pesquisada no Forum Canguru, lá tem muita info pra gente de todas as áreas de atuação.

Só não esquece de conferir o "Post Mais Importante do Blog", o link tá lá no alto. :)

Abraço

Marcelo Belli de Oliveira disse...

Valeu Eduardo!

A minha intenção seria terminar a faculdade e aplicar para trabalhar como programador.

Facilitaria o visto de trabalho?

PS: "Post mais Importante do Blog" visto e inscrito! Trabalho muito maneiro!

Abraços

Eduardo Slompo disse...

Marcelo, acabei de responder seu email.

Anônimo disse...

Olá Eduardo. Aqui Sayonara.
Eu nem sei exatamente por onde começar, mas, vemos lá.
Tenho 46 sou Psicóloga com uma Pós graduação pela PUC Rio e termino outra esse ano. Minha área é clínica e eu iria a passeio no dia 27/03 e por um problema perdi o vôo. Sinto vontade de ir tentar alguma coisa fora do Brasil pois modéstia partee acho uma boa profissional e aqui é muito difícil ter uma remuneração digna. Não tenho inglês só básico. Minha pergunta. Acha que consigo algum espaço por aí, primeiro caindo nos estudos ee inglês claro. Mas acha que consigo?

Eduardo Slompo disse...

Oi Sayonara,

Olha, vir estudar inglês sempre é uma experiência ótima, não só pelo inglês mas também pela experiência de vida.

No entanto, as profissões da área de saúde são bem complicadas quando o assunto é validar o diploma por aqui. No seu caso, tem mais um agravante: o fato de você ter mais de 39 anos diminui drasticamente sua pontuação no processo do visto de residência, reduzindo muito suas chances.

Me desculpe pelas mas notícias, mas infelizmente é a realidade. Prefiro ser realista do que ficar criando falsas expectativas.

Se quiser vir para estudar inglês por um tempo e ter uma experiência diferente, me avisa que posso te recomendar uma agência de confiança.

Abraço, qualquer coisa me manda email: duslompo@yahoo.com.br

Ah, e não esquece de dar uma conferida no "Post Mais Importante do Blog", o link tá lá em cima... valeu!

Anônimo disse...

Eai Eduardo sou Luann
Tenho interesse em morar e trabalha na Austrália, minha profissão e bombeiro civil, sera que e reconhecida essa profissão?????

Eduardo Slompo disse...

Fala Luan,

Bombeiro não tá na lista de profissões que pode aplicar pro visto de residência, então o único caminho que sobra pra vc é mesmo o visto de estudante. Se quiser mais detalhes me manda um email: duslompo@yahoo.com.br

Abraço

Anônimo disse...

OK obrigado pela atenção abraço

Anônimo disse...

Olá , Eduardo.

Estou há pouco tempo pesquisando sobre a imigração para Austrália, e tenho algumas dúvidas: onde encontro o sistema de pontuação para imigração? Equal o mínimo razoável para ser aprovado?
Além disso iremos eu e meu marido, eu sou contadora/servidora pública há 6 anos e meu marido, engenheiro mecatrônico. O inglês é fluente e temos conhecimento de francês também. Obrigada desde já.

Paula

Anônimo disse...

Ola , Eduardo.
primeiramente queria agradecer o auxilio, aqui no brasil esta feio a não tem seguração, queria de verdade poder viver em um lugar onde tivesse paz.

fiz uma pesquisa em algumas escola de intercambio, mas inicialmente informaram que pra austrália é bem mais caro e difícil isso verdade??.. me em dicaram irlanda.
Mas queria mesmo ir para austrália diferente de muitos não tenho uma formação acho que minha possibilidade ser limita, tenho 25 anos estou cursando administração estou tentando estuda o Inglês mas trabalhando e estudando e ser mãe e esposa esta bem puxa aprender, na verdade não queria somente estudar e volta .. como funciona de verdade o intercambio? quais seria a minha chance de permanência?

att.
Michelle

Eduardo Slompo disse...

Paula,

Pesquise no site da imigração australiana sobre o Skilled Visa, também chamado de 189. O problema é que o site é bem confuso, então já vou te dar o "resumo": o mínimo de pontos que vc precisa fazer são 60 pontos. Vários fatores definem sua pontuação: idade, formação, tempo de experiência depois de formada, nota no exame de inglês etc etc etc.

As profissões de vcs dois são excelentes pro visto 189, faz o seguinte: me manda um email (duslompo@yahoo.com.br) com os detalhes de vcs dois (idade, formação e tempo de experiência depois de formado - o inglês já disse q é fluente, ótimo) e a gente vai conversando.



Michelle,

Vir estudar inglês na Austrália é caro, mas não sei se é mais caro que na Irlanda, vc precisaria fazer uma pesquisa de preços. Sobre vir pra ficar, tem muita gente que vem estudar inglês e vai ficando, dá pra arrumar empregos como garçonete, faxineira, babá etc, que pagam o suficiente pra vc ir renovando o visto e o curso de inglês a cada seis meses e ir ficando por aqui.

Se for algo que realmente te interessa, me manda um email (duslompo@yahoo.com.br) que posso te recomendar uma agência de confiança pra te ajudar com os trâmites do curso de inglês e do visto de estudante.

migdalia medina disse...

Ola EDUARDO meus parabens pelo blog que esta ajudar a muita gente eu queria que voce me ajudasse com a minhas duvidas e muito dificil tirar o visto e quanto mais o menos sai todo eu tengo 45 anos e sempre trabalhei a cuidar idosos e tambem no lar mas gostava de saber que posibilidades tenho eduardo aguardo a sua resposta e muito obrigada

Eduardo Slompo disse...

Oi Migdalia,

No seu cenário o mais adequado é vc vir com visto de estudante. Me manda um email (duslompo@yahoo.com.br) que posso te explicar certinho.

Abraço

Gregorio disse...

Oi Eduardo,

Sou formado em Design Gráfico (bacharel 04 anos) e inglês intermerdiário.
Sabe dizer como está o mercado?

No meu caso tenho chance de residência ou somente o visto de estudante mesmo?


Obrigado desde já,

Eduardo Slompo disse...

Fala Gregorio,

Cara, até onde sei não rola visto de residência pra sua área, por mais que o mercado esteja bom.

Vc tem alguma outra cidadania além da brasileira? Me manda um email e a gente vai se falando: duslompo@yahoo.com.br

Abraço

Leandro nelo rodrigues disse...

Ola Eduardo, primeiramente parabens pelo blog e pela iniciativa! Rsrs
Entao, gostaria de saber sua opiniao...
Eu tenho 24 anos e nao sou formado ainda, mas ja sou fluente em ingles! Moro na Irlanda desde 2013 e gostaria de ir pra Sydney agora!
Tenho 5 anos de experiencia como metalurgico no Brasil, e esta profissao esta na lista do SOL , vc acha q tenho alguma chance de conseguir o visto permanente se eu fizer alguma faculdade por ai? Ou msm algum curso de metalurgico no qual ja tenho experiencia?
Se nao, oq vc me sugere pra q eu consiga?
Abraço e mto obrigado!!!

Eduardo Slompo disse...

Fala Leandro,

Cara, eu acho que já pode começar o processo do visto de residência, já que tem 5 anos de experiência como Metalúrgico. Não tenho certeza, mas acho que dá.

Faz o seguinte: entra no site da VETASSESS e pesquisa a respeito do Skills Assessment para Metallurgist, vê certinho como funciona a questão da experiência e tals. Esse é o primeiro passo.

Como te disse antes, não tenho certeza, mas acho que vc já pode aplicar sim.

Ah, dá uma conferida no "Post Mais Importante do Blog" depois, o link tá lá em cima... :)

Abraço!

julyo cesar silva disse...

Boa noite Eduardo.

Bom estou interessado em morar e trabalhar na austrália. Sou mecânico de Aeronaves, mais especifico trabalho com Asa Rotativa (helicóptero), andei pesquisando e o orgão regulador de aviação da austrália não reconhece e nem revalida meus cursos e certificados na área, pelas cargas horarias serem inferiores. Pois bem, mesmo assim tenho interesse em imigrar para austrália, se por acaso eu ir com um visto de estuante de ingles posso levar minha esposa e filho? mesmo quando acabar meu tempo de curso posso renovar e continuar trabalhando? e se eu arrumar algum emprego em alguma area da lista 189, consigo passar meu visto para residente com mais facilidade estando ai?

desde ja grato!

Eduardo Slompo disse...

Fala Julyo,

Vc pode sim incluir sua esposa e filho como dependentes. A única coisa que talvez pese é q seu filho não vai ter acesso à escola pública, e escola particular aqui é, pelo que ouço falar, um pouco cara. Se quiser dar uma pesquisada a respeito, recomendo o Forum Canguru e o grupo 'Brasileiros em Sydney' do Facebook, com ctz vai ter alguém q vai ter uma noção dos preços pra poder te esclarecer melhor. Eu não tenho filhos, portanto não tenho a mínima noção, só ouço falar que é caro, mas não sei valores. :)

Abraço e boa sorte na jornada, qq coisa é só escrever!

Ah, não esquece de dar uma conferida no "Post Mais Importante do Blog" depois... :)

César Augusto disse...

Oi Eduardo, te passei um e-mail, mas a ansiedade é grande, queria saber o que acha da seguinte situação, meu marido é desenvolvedor, a uns 8 anos, o curso dele na facul é sistemas da informação, está trancado no TCC, ou seja, está quase lá, o nível dele de inglês é bom, mas sem conversação, ele tem 30 anos, esposa que sou eu no caso, temos 2 filhas e estamos muito querendo ir praí.
A minha situação é, analista de sistemas na carteira, 10 anos de empresa, metade disso como analista, mas sou mais uma analista de negócios, minha facul no início e é tecnólogo em gestão de TI, eu tenho 35 anos, o que acha? Como posso saber como pontuo.
Ahhh faço curso de inglês, mas sou tri insegura no inglês, minha pronuncia é péssima.

Daiane JP Oliveira disse...

Vixe publiquei com o e-mail do meu marido...foi mal.

Eduardo Slompo disse...

Haha normal. Acabei de responder seu email. :)

Jonas Frota disse...

Olá Eduardo,
Eu e minha namorada estamos querendo nos mudar para a Austrália e estamos em fase de pesquisa dos processos.
Moramos juntos e, se for melhor pra imigração, casamos para dar continuidade ao processo. Mas isso não é o ponto principal que preciso de informação.
Vi muito que depende da sua profissão e nem eu nem ela temos formação acadêmia superior, pois trabalhamos desde cedo e não concluímos faculdade.
Isso impossibilita a mudança, dificulta ou é irrelevante se tivermos experiência de trabalho?
Como posso saber quais profissões são elegíveis para o visto de residente?

Eduardo Slompo disse...

Fala Jonas,

A lista de profissões que podem aplicar pro visto de residência está aqui: http://www.border.gov.au/Trav/Work/Work/Skills-assessment-and-assessing-authorities/skilled-occupations-lists/SOL

De qualquer forma, se suas profissões não estiverem na lista não significa que as possibilidades se esgotaram - sempre tem outros caminhos, mesmo que um pouco mais difíceis, pra chegar lá.

Dá uma olhada na lista e me diz se suas profissões estão nela, aí a gente vai conversando sobre as possibilidades. Me responde por email, por favor, assim a gente não polui o blog: duslompo@yahoo.com.br

Abraço

Anônimo disse...

sou soldador minha profissão é reconhecida ?como faço para imigrar a trabalho .obrigado marcos

Eduardo Slompo disse...

Fala Marcos,

Como tá seu inglês? Me responde por email: duslompo@yahoo.com.br

Fabiano Serpa disse...

Oi Eduardo, legal seu blog e a iniciativa de ajudar. Como tantos, sou mais um brasileiro que anda cansado de tanta roubalheira, impostos abusivos, segurança, educação e saúde precária. Tenho conversado com minha esposa para irmos embora pra Austrália. De tudo que lemos parece uma ótima opção. Sou formado em Desenho Industrial - Programação visual a 10 anos, trabalho a 12 anos como designer gráfico, tem campo pra minha área? Qual nível de inglês tenho que ter?
Valeu Eduardo

Eduardo Slompo disse...

Fala Fabiano,

Infelizmente sua área não está na lista de profissões que permitem aplicar pro visto de residência (veja a lista aqui: http://www.border.gov.au/Trav/Work/Work/Skills-assessment-and-assessing-authorities/skilled-occupations-lists/SOL).

Sobram algumas outras opções. Me diz o seguinte: vc tem alguma outra cidadania além da brasileira?

Me responde por email pra gente não poluir o blog: duslompo@yahoo.com.br

Abraço

Fernanda Luz disse...

Bom Dia Eduardo,

Estou começando a ver sobre o processo. Sou formada em engenharia de produção e tenho 3 anos de experiência na área de gerenciamento de projetos. Minha intenção é ir para australia com o visto de estudante para estudar para o IELTS com um emprego qualquer e depois tentar mudar o visto e procurar um emprego na minha área. Você acha que consigo mudar de visto lá? e para isso que estou pretendendo qual lugar da australia você indicaria? Estou inclinada a Brisbane, mas não sei se é o melhor local. Obrigada!!!!

Eduardo Slompo disse...

Fernanda,

Pra aplicar pro visto de residência, o lugar em que você se encontra não influencia em nada - nem ajuda e nem atrapalha. Sua estratégia é válida porque vc vai melhorar seu inglês e conseguir uma nota boa no IELTS, e isso é o que importa. Depois que conseguir a nota no IELTS, tanto faz ficar aqui ou voltar pro Brasil. Faz sentido? :)

Sobre o lugar, qualquer cidade grande (Sydney, Melbourne, Brisbane, Perth, Adelaide...) é boa, já que seu objetivo vai ser aprender inglês.

Qualquer coisa me manda um email: duslompo@yahoo.com.br

Abraço

Naum Fujimori disse...

Eduardo bom dia,
Excelentes explicações você esta dando aqui a respeito do visto.
Tenho umas duvidas você que esta por ai axo que consegue me responder.

Estou indo para AU 4 de abril de 2016 eu e minha noiva(passagem e curso comprados pros 2)

Sou da area de TI Infrastrutura tenho graducao em eng da computacao a 7 anos hoje tenho 30.
sabe me dizer como anda o mercado ai? vou para sydney estudar em uma escola chamada langports,sabe estava muito afim de ficar ai definitivo.
sabe me dizer se estando ai com visto de estudante e dar entrada para visto de trabalho (creio que esteja na lista de necessidades deles ainda) enquanto esta rolando o visto eu posso continuar no Pais? pois demora 1 ano neh?!? e meu visto de estudante é para 7 meses sendo 6 + 1 de ferias.
nesse tempo tenho que tirar o aelts agente de ti tem uma boa leitura e audicao mas eu pessoalmente nao converso muito em ingles somente leio mtos documentos sabe como é neh?!?!

gostaria de agradecer por todos o tempo que tem perdido para explicar esses tramites de AU.!! :)

Atenciosamente

Carla disse...

Olá Eduardo!
Sou formada em Adm, com MBA em Gestão de Pessoas, tenho 37 anos e estou com IELTS agendado para final do ano. Penso em fazer uma outra em psicologia organizacional/comportamental. Bem primeiramente eu nao teria dinheiro para bancar todo o perido precisaria trabalhar. Outro ponto e que preciso entrar com visto de estudando e somente 20h/w. Pergunta: Voce acha que tenho chance mesmo com 37 anos? como esta o mercado para minha area, ?

Obrigada Carla!

Eduardo Slompo disse...

Naum,

O mercado tá bom, mas sem visto de residência é meio complicado.

Sobre o processo do visto de residência, ele leva bem mais que 6 meses, então se sua ideia é vir pra cá como estudante e ficar até conseguir a residência, eu diria que vai precisar de pelo menos um ano e meio.


Carla,

Admin é uma área um pouco complicada porque não permite aplicar pro visto de residência (a lista de profissões que permite está aqui, caso queira conferir: border.gov.au/Trav/Work/Work/Skills-assessment-and-assessing-authorities/skilled-occupations-lists/SOL). De qualquer forma, muita gente que vem pra cá com visto de estudante consegue se estabelecer em outras áreas que dão visto de trabalho (gerente de restaurante, coordenador de entregas etc).

Se vc não achar ruim ter que sair da sua área, acho que vale a pena tentar vir pra cá sim. A idade não é problema, fica tranquila.


Pessoal, por favor dêem uma conferida no "Post Mais Importante do Blog" quando tiverem uns minutinhos, o link tá lá em cima. :)

Abraço!

Gabriel disse...

Olá Eduardo, Primeiramente Parabéns Pelo Blog!!

Meu nome é Gabriel, 22 anos. Me formo Bacharel em Engenharia Mecânica este ano.
Tenho 4 anos de Estágio na área de Engenharia e mais dois como Aprendiz na área de Engenharia.
E nível de Inglês que me possibilite boa comunicação.

Como se sabe o Brasil está passando por uma situação econômica não muito boa, principalmente o mercado de trabalho para os Engenheiros. Por isso estou planejando em ir para Austrália no final de 2016 junto a minha namorada(19 anos) que se forma este ano também como Design de Interiores(Técnologo) e trabalha CLT na área. Gostariamos de ir a trabalho.

No nosso caso, qual seria o visto mais adequado? Como ela poderia ir comigo?

Seria fácil para nós, conseguirmos emprego por aí com estas profissões?

Sobre moradia. É bom preparar antecipadamente enquanto estiver no Brasil?

Eduardo Slompo disse...

Fala Gabriel,

Ambas as áreas são boas por aqui, o grande problema é que sem visto de residência fica um pouco mais difícil conseguir emprego. Pra poder aplicar pro visto de residência vc vai precisar esperar completar um ano de formado, então ainda tá cedo pra vc.

Também tem a alternativa de vir pra cá estudar inglês e ir ficando, que é perfeitamente legal e é o caminho que muita gente que hoje está estabelecida trilhou. O único problema é que no começo vc só consegue empregos como garçom, faxineiro, etc, mas com o tempo vai se ajeitando, cedo ou tarde consegue um visto de sponsor e, posteriormente, o de residência.

Pensem com calma. Se trabalhar alguns anos em empregos como garçom/faxineiro/atendente for algo que vcs estejam dispostos a fazer, me avisa que posso recomendar uma agência de confiança pra ajudar vcs com os trâmites do curso de inglês e do visto de estudante. Se preferirem optar pelo visto de residência, aí minha recomendação é já ir estudando inglês desde já e também guardando grana, já que o processo do visto é meio caro, e quando completar um ano de formado é só iniciar o processo.

Abraço!

Ah, não deixa de conferir o "Post Mais Importante do Blog" quando tiver uns minutinhos, o link tá lá em cima! :)

Tiago Contini disse...

Olá Eduardo. Seu blog é muito bom cara! Estou seriamente pensando em ir morar na austrália. Sou casado, tenho 35 anos e minha esposa 30. Sou engenheiro de telecomunicações com pós graduação em gerenciamento de projetos e gestão empresarial. Minha esposa é engenheira de automação com pós em Gestão empresarial. Nosso nível de inglês é bom. Estudando um pouco passamos no IETLS. Você acha que teríamos mercado aí em nossas profissões? teria alguma agência para indicar a ajudar nos trâmites?

Eduardo Slompo disse...

Fala Tiago,

Não há dúvidas de que vcs se dariam bem por aqui. Me manda um email (duslompo@yahoo.com.br) e a gente vai se falando, não quero indicar agência aqui porque vai parecer propaganda.

Abraço

Anônimo disse...

Oi, Eduardo! Parabéns pelo Blog! Todos aqui muitos gratos pela sua disponibilidade em ajudar por tanto tempo. É mesmo muito bacana!
Meu namorado e eu estamos pesquisando se temos chance de visto de trabalho/residência australiano. Sou formada em Comércio Exterior e tenho 13 anos de experiência na área aqui no Brazil. Já vi que não estou na lista. :/
Ele é tecnólogo em Engenharia Mecatrônica e trabalha como gerente industrial. Não consegui localizar na lista, mas talvez tecnólogo mecatrônico seja aceito, não sei.
Temos 33 anos e inglês fluente.
C acha que temos uma chancezinha?
Obrigada demais!
Manuela

Eduardo Slompo disse...

Oi Manuela,

Realmente não tem Engenharia Mecatrônica na lista, mas será que não tem nenhuma outra profissão ali que talvez se encaixe com o que ele faz? Dá uma conferida, tem várias engenharias, talvez tenha alguma que dê.

Olha lá e me responde por email: duslompo@yahoo.com.br

Abraço

Anônimo disse...

Fala Eduardo. Parabéns pelo blog. Minha dúvida é o seguinte, sempre trabalhei como PJ na área de TI, como funciona isso para a comprovação para ACS? Acho muito obscuro essa parte de comprovação de experiência, como será que eles fazem, eles ligam para a empresa para confirmar a experiência? Vlw. Abraços. Marcos.

adilson oliveira disse...

Eduardo, tudo bem? Espero que sim. Eduardo, sou graduado em Ciências Contábeis, com várias pós graduações e MBA em Gestão Comercial. Meu Inglês carece de atualização, mas eu estou disposto a me esforçar neste sentido. Minha esposa é professora de Inglês, graduada em Turismo. Nosso filho tem menos de 03 anos. Desejo me mudar com a família para a Austrália, pois, quero dar para o meu filho uma perspectiva de futuro melhor. Pode nos ajudar? Acha que nossa formação ajudaria na obtenção de vistos? Fico no aguardo e agradeço, sinceramente, pela sua resposta. Abraço e sucesso!

Eduardo Slompo disse...

Fala Marcos,

A comprovação de experiência é toda feita através de cartas de recomendação, portanto tanto faz se vc foi CLT ou PJ (eu fui os dois e não tive problema nenhum na comprovação). A ACS não liga pra ninguém, eles simplesmente "confiam" nas suas cartas. No entanto, quando vc aplica pro visto em si, o consulado australiano no Brasil liga pra confirmar as informações das cartas. Qualquer coisa manda email: duslompo@yahoo.com.br


Adilson,

Sua formação ajuda sim, já que contabilidade é uma área com alta demanda por aqui e uma das profissões que permitem aplicar pro visto de residência. Me manda um email (duslompo@yahoo.com.br) que te ajudo com mais detalhes.




PS: Dêem uma conferida no "Post Mais Importante do Blog" quando tiverem uns minutinhos, o link tá lá em cima. :)

Gabriela disse...

Oi Eduardo e Emili,
Gostaria de saber se vocês podem me ajudar com uma questão, sou graduanda de Terapia Ocupacional, já estou pesquisando e pretendo sair do Brasil assim que me formar. A situação aqui está muito complicada, minha universidade está de greve por falta de repasse do governo. Enfim, estou cada vez mais decepcionada com o Brasil em todos os sentidos, violência, corrupção e tudo mais. Gostaria de saber como é a área da terapia ocupacional aí na Austrália, se a profissão é valorizada e se é fácil de conseguir um emprego na área. Também gostaria de saber a respeito da segurança pública por aí, pois aqui estou cansada de viver com medo de sair na rua.
Obrigada e parabéns pelo blog, muito bacana mesmo a forma como vocês estão ajudando as pessoas.

Eduardo Slompo disse...

Oi Gabriela,

Uma pena o que fizeram com o Brasil. Triste.

Violência não é problema por aqui. É comum ver gente usando o iPad no ônibus/trem de madrugada. :)

Olha, a impressão que tenho é que é uma área boa sim, tanto que está na lista de profissões que podem aplicar pro visto de residência, confere aqui: http://www.border.gov.au/Trav/Work/Work/Skills-assessment-and-assessing-authorities/skilled-occupations-lists/SOL

Minha sugestão é vc já ir guardando grana e estudando inglês. Tenha paciência e foco, sua hora vai chegar! :)

Abraço!

Ah, não deixe de dar uma conferida no "Post Mais Importante do Blog" quando tiver uns minutinhos, o link tá lá em cima...

Anônimo disse...

Eduardo, bom dia! Primeiramente, parabéns pelo blog e pela iniciativa de ajudar as pessoas que, como você, tem sonhos de morar na Austrália. Minha dúvida é: Eu consigo visto de permanência/moradia (não sei bem como funciona) se comprar um estabelecimento aí na Austrália, um mercado ou um restaurante? Eu posso fazer isso?

Grato,

Marcelo.

Eduardo Slompo disse...

Marcelo, acabei de responder seu email.

Saulo Bonfim disse...

Eduardo Bom dia. Meu nome é Saulo, tenho 32 anos, sou bacharel em administração, tenho formação técnica em telecomunicações, área que atuo já a 10 anos e atualmente estou no 6° semestre de engenharia elétrica c/telecom. Diante do exposto,
solicito saber que com a idade que tenho e as minhas formações se seria muito dificil a minha colocação no mercado de telecom? e qual é o custo estimado de processo de visto e passagem para fazer a migração?

Obs. Inglês iniciante.

Eduardo Slompo disse...

Fala Saulo,

Emprego não é problema, o que pega é sempre a questão do visto e também do inglês.

O ideal seria aplicar pro visto de residência, mas pra isso vc precisar ter pelo menos um ano de formado, ou seja, vai ter que esperar alguns anos. Como seu inglês ainda é básico, sugiro aproveitar esse tempo focando nisso.

Quando tiver um tempinho dá uma conferida no "Post Mais Importante do Blog", o link tá lá em cima. :)

Abraço e boa sorte na jornada.

Raphael akutsu disse...

Olá, Eduardo tudo bem ?
Primeiramente parabéns pelas sua atitude, quase que todos os posts!
Meu cenário é:
Sou formado em Adm de empresas desde2011, tenho toeic e Estou tirando o CPI Cambridge , tenho um Mba feito fora do Brazil .
Gostaria de saber se consigo aplicar este visto já morando na Austrália ? Mas com visto de estudante
As empresas só contratam mediante a este visto ? Sem o visto permanente o salário é muito diferente ?
Qual é custo mensal de vida ? E a media de salarios ?

Obrigado

bruno disse...

ola Eduardo,
sou dentista formado desde 2009 e quero muito ir para a austrália,o meu maior problema é o inglês já tentei vários cursos para aprender o inglês e é uma coisa que não consigo aprender de forma alguma.
gostaria de saber se mesmo assim consigo alguma colocação de trabalho no pais obrigado.

Bruno Fonseca.

Eduardo Slompo disse...

Raphael, o problema no seu caso é que a sua área não pode aplicar pro visto de residência. A lista de profissões que podem tá aqui, caso queira conferir: border.gov.au/Trav/Work/Work/Skills-assessment-and-assessing-authorities/skilled-occupations-lists/SOL

Se vc vier pra cá com visto de estudante, precisa estar preparado pra trabalhar como garçom, faxineiro, atendente etc. Leva um tempo até conseguir um emprego que te dê um visto de trabalho (o famoso "sponsor"). Conheço gente que conseguiu em menos de um ano, mas também conheço gente que ficou mais de cinco anos, não conseguiu e voltou pro Brasil. Cada caso é um caso.

Sobre custo de vida, me manda um email que a gente conversa melhor: duslompo@yahoo.com.br

Bruno, sem inglês vai ser impossível. As únicas profissões em que não precisa dominar o inglês são faxineiro, pedreiro, entregador de pizza... e olhe lá. Já pensou em vir fazer um intercâmbio? É a melhor forma de aprender...

Raphael e Bruno, quando tiverem um minutinho gostaria de pedir pra q vcs dessem uma olhada no "Post Mais Importante do Blog", o link tá lá em cima.

Abraços!

Régis Rocha disse...

Prezado Eduardo Slompo!

Enviei e-mail para você solicitando as instruções atualizadas necessárias para imigrar.

Aguardo seu retorno!!!

Parabéns pelo Blog e pela iniciativa de ajudar-nos sempre!

Abraço,

Régis

Eduardo Slompo disse...

Régis, acabei de responder seu email.

Rodrigo Alves disse...

Eduardo bom dia,

Estou querendo ir para austrália com minha esposa e começamos a ver o processo para imigração. Gostaria de esclarecer algumas dúvidas com você.

Poderia te enviar um email?

Parabéns pelo blog.

Grande abraço.

Rodrigo!

Anônimo disse...

Olá meu nome é milsen eu e meu esposo temos dois filhos um de 10 e outro de 8 estamos a muitos dias decepcionados com Brasil temos uma micro empresa a 15 anos vidraçaria .mas pouco conquitamos nestes quinze anos .Gostaria muito de saber a idade máxima pra ganhar visto e como é a construção civil por aí. Muito concorrente? Será que se sairiamos bem.to estudando inglês dia e noite .na tradução ja to no nível intermediário. Que faço? Sao tantas dúvidas.

Eduardo Slompo disse...

Milsen, a área de construção civil por aqui é muito boa. Me manda um email que a gente conversa melhor: duslompo@yahoo.com.br

Rodrigo, acabei de responder seu email.

Unknown disse...

Olá Eduardo,quero muito morar aí, estou pra me formar em TI e Relações públicas,meu problema é a língua,não domino muito bem,vou fazer um intercâmbio,pra ver se melhoro! Eles exigem um inglês tipo "perfeito"
Pode me indicar um agente bom,e o que é necessário pra tirar o visto de moradia!?

Sandra Soares disse...

Oi Rodrigo,

Estou me preparando para estudar ano que vem na Austrália, mas meu objetivo é continuar por lá depois de terminado o curso. Minha dúvida é que tipo de curso fazer (VET, MBA, Pós). Vou fazer o IELTS no fim deste ano. Teria alguma dica para dar?? Minha área de formação é turismo e hotelaria e também sou formada em zootecnia.

Um abraço,

Eduardo Slompo disse...

Oi Sandra,

Com visto de estudante não dá pra prever, cada caso é um caso. Conheço gente que conseguiu o sponsor em menos de um ano, mas também conheço gente que ficou cinco anos, não conseguiu sponsor e voltou pro Brasil.

Acho que a principal dica que posso dar é pra estar preparada pra ouvir muito não, mas não desistir e seguir firme. :)

Abraço e boa sorte na jornada, qq coisa manda email: duslompo@yahoo.com.br

PS: Dá uma conferida no "Post Mais Importante do Blog" quando tiver uns minutinhos, o link tá lá em cima. :D

Renan Pissolatti disse...

Olá Eduardo,

Primeiramente parabéns pelo blog! Fico impressionado com sua disponibilidade e boa vontade em ajudar as pessoas com sua eexperiência e conhecimentos sobre a Austrália. Te mandei um email com minhas dúvidas. Ficarei feliz caso consiga responder.

Abraço

Unknown disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Unknown disse...

Passando aqui pra deixar um abraço para o já meu amigo e Músico Eduardo!!! Vejam seus vídeos no youtube e facebook, vale a pena! Abraço do Maurício.

Eduardo Slompo disse...

Valeu Maurício!

Renan e Laura, já respondi os emails de vcs. :)

Alex Silva disse...

Eduardo boa noite,

Meu nome é Alex Sandro e te enviei o e-mail se possível responder.

Grato,
Alex Sandro

Eduardo Slompo disse...

Respondido :)

Anônimo disse...

Olá Eduardo.
Meu nome é Elis. Gostaria de saber como está a área para enfermeiros. Sou formada há quase 4 anos tenho 3 anos de experiência com emergência pré hospitalar. Meu inglês é básico, porém tenho facilidade em aprender a língua, é que fiquei bastante tempo sem praticar. O que vc acha .?
obrigada!

Eduardo Slompo disse...

Oi Elis,

É uma área muito boa, que inclusive está na lista de profissões em demanda (que é a lista de profissões que permitem aplicar pro visto de residência).

O xis da questão é que uma das etapas do processo do visto é um exame de inglês, e vc vai precisar ter inglês pelo menos avançado pra poder alcançar a nota mínima exigida pelo processo.

Me diz o seguinte: qual sua idade? Vc tem alguma outra cidadania além da brasileira? Me responde por email pra gente não poluir os comments: duslompo@yahoo.com.br

Anônimo disse...

Ola Eduardo !

Estou pensando em ir morar na Australia mais ainda não faço ideia a melhor maneira, sou formada em Educação física com pós graduação em personal, meu inglês é cru ainda, gostaria de ir para estuda e aprender o inglÊs, que sugere para mim? ir e fazer o curso direto , ou fazer aqui no Brasil antes..
Abraços e obrigada!

Eduardo Slompo disse...

Oi "Anônimo" (vc não deixou seu nome... heheh)

Se vc pensa em vir pra cá, já aproveita e vem estudar inglês aqui de uma vez, não perca tempo estudando aí. Me manda email que posso te explicar mais detalhes: duslompo@yahoo.com.br

Abraço e bom fim de semana!

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 274   Recentes› Mais recentes»