(CLIQUE NAS IMAGENS PARA VÊ-LAS EM TAMANHO REAL)

domingo, 5 de junho de 2011

O Opera House por dentro e por fora

Há um mês mais ou menos fizemos um passeio muito massa: fomos conhecer o principal cartão postal de Sydney, o Opera House, por dentro e por fora. Pagamos um tour (não lembro o preço, mas não foi nada absurdo), com direito a guia e fone de ouvido, e conhecemos todos os detalhes dessa obra fantástica, que a gente não se cansa de olhar toda vez que passa perto.


A guia nos contou em detalhes tudo o que se possa imaginar sobre o Opera House e sua história. Algumas das coisas mais interessantes que ela contou (claro que eu não lembrava dos detalhes e números, dei aquela conferida na Internet... hehehe):

* A sua construção durou de 1959 a 1973 - 18 anos!
* O custo total de sua construção foi de 102 milhões de dólares, enquanto a estimativa inicial era de apenas 7 milhões... hahaha
* Os mais de 1 milhão de ladrilhos que cobrem o edifício são de 7 diferentes cores mas foram meticulosamente dispostos de forma que o conjunto todo pareça uniformemente branco quando olhado de longe, independentemente da posição do sol.
* O seu design foi o resultado de uma competição mundial de arquitetos promovida em 1957 que teve 233 inscrições de 32 diferentes países. O vencedor foi um dinamarquês, Jørn Utzon, e o mais curioso é que a princípio seu projeto tinha sido rejeitado e ia pro lixo, mas alguém o resgatou da "pilha de lixo" e o pôs de volta na disputa.
* Quando o projeto começou, Utzon se mudou prá Sydney prá coordenar a construção. Alguns anos depois o governo devia a ele 100 mil dólares. Por conta disso, ele abandonou o projeto, voltou prá Dinamarca e fez questão de nunca mais pisar na Austrália - ou seja, não viu sua obra pronta.
* Utzon não foi convidado nem para a cerimônia de inauguração do Opera, em 1973, e seu nome não foi sequer mencionado no evento.
* Na década de 90 o governo começou a estabelecer contatos para se reconciliar com ele. Nos anos seguintes, concedeu a ele vários títulos de membro honorário das mais diversas instituições e universidades e em 2004 foi inaugurada uma sala dentro do Opera House em homenagem a ele. Utzon não compareceu a nenhum desses eventos pois já estava idoso e sofrendo de vários problemas de saúde, o que o impossibilitava de suportar a longa viagem de avião. Quem ia era sempre seu filho.
* Utzon morreu em 2008, com 90 anos, sem nunca ter visto pessoalmente sua obra de arte finalizada.
* Em 2007 o Opera House foi declarado Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco.


Agora chega de texto e vamos às fotos e vídeos...

Primeiro, o Opera House por dentro (são fotos e vídeos apenas dos locais onde são permitidas câmeras, que infelizmente não incluem as salas de concerto):








Agora, o Opera House por fora:

 






Essas são fotos das salas de concerto do Opera House (aquelas onde não são permitidas câmeras) retiradas da Internet:







 E claro que não podiam faltar as fotos com a Harbour Bridge ao fundo, prá variar um pouco:

14 comentários:

Amanda Payne disse...

Parabéns pelo Blog!

Vim retribuir a visita e adorei! Ainda não tive a oportunidade de ir na Austrália, mas deve ser um lugar lindo!!

Amanda
www.extern360.com

Eduardo Slompo disse...

Oi Amanda,

Que bom que curtiu o blog!

A Austrália é realmente demais, quando tiver a oportunidade venha sim.

Até mais!

OsCunha disse...

Cara, cheguei aqui por indicação de um amigo. Na verdade ele mandou esse link.

Estou em processo de imigração(bem no início) para o Canadá. Gostaria de trocar uma idéia com você. Vou dar uma lida no seu blog antes.

Meu blog
http://canada.oscunha.com.br

Abraço
Daniel Cunha

Eduardo Slompo disse...

Fala Daniel!

O Canadá também tá muito bom prá gente que é de TI.

Cara, manda um email (duslompo@yahoo.com.br) e a gente conversa!

Abraço!

Monari - Bariri disse...

- Custo estimado 7 milhões
- Custo real 102 milhões

...e depois dizem que no Brasil é que há superfaturamento nas obras...hahaha

Eduardo Slompo disse...

ahuahauhuahauhahuahu

Parece os projetos do Vnt... kkkk

Turino disse...

Realmente o Opera House é fantástico, não me canso de admirirar.
Meu sonho é assistir um show, de rock de preferencia, la dentro! hehe
Abs,
Thiago.

Anônimo disse...

Cara, gostei muito do seu blog, fantástico, uma bela iniciativa, é muito bom compartilhar conhecimento e oportunidades, também gostaria de seguir o mesmo caminho.

Eduardo Slompo disse...

Fala Thiago,

Cara, ainda não foi em nenhum show no Opera, mas tá na lista de coisas a fazer. Deve ser animal! :-)

Anônimo, que bom que gostou do blog! Se quiser saber mais entre em contato por email: duslompo@yahoo.com.br.

Abraços!

André disse...

Meu, deve ser fantástico assistir a um espetáculo nesse teatro... Coisa linda. Cm certeza um dos maiores cartões postais de Sidney...
Grande abraço,
André

Eduardo Slompo disse...

Pois é, cara, deve ser animal mesmo... e vira e mexe tem show de rock também! :-)

Eduardo Slompo disse...

Cara, se vc tem um sonho tem q correr atrás dele e não ligar pro que os outros falam - nem pro que a sua família fala! Entre de cabeça e não desista nunca, cedo ou tarde vc chega lá! (Nesse caso, aqui) :-)

Junior disse...

Eu adoro o opera house, não tive a chance de ver-lo pessoalmente.
Já fiz muitas maquetes e assisti sua construção em um documentário.
Ele realente é impressionante e imponente!

Eduardo Slompo disse...

Junior, quando tiver a oportunidade, visite, vale muito a pena!