(CLIQUE NAS IMAGENS PARA VÊ-LAS EM TAMANHO REAL)

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Perth e Arredores (PARTE 3): Lagosta de Água Doce, Caminhada no Alto das Árvores, a Cervejaria Boston e Greens Pool

Dando continuidade à série de posts sobre nossa viagem de 7 dias por Western Australia (posts 1 e 2 AQUI e AQUI), nesse post tem tudo o que fizemos no terceiro dia de viagem, o mais agitado de todos, em que fomos de Pemberton a Albany (pra quem quiser se situar, recomendo dar uma olhada no mapa que pus no primeiro post, o link direto pra ele tá AQUI).

Vou começar pela noite anterior, em que chegamos a Pemberton e saímos à caça do tão falado Marron, a "lagosta de água-doce", que só existe na região de Western Australia. Pelas pesquisas que tínhamos feito, Pemberton era uma das cidades onde havia mais criadouros de Marron, então chegamos na cidade e saímos perguntando na rua onde podíamos comer a tal da lagosta.

O primeiro restaurante que nos indicaram estava fechado e no segundo o Marron tinha acabado, mas por fim achamos um hotel (não lembro o nome) que servia. Era bem caro e tinha uma hora de espera, sem contar que não tínhamos nem tomado banho e estávamos bem cansados, mas depois de toda a função que fizemos é claro que não íamos embora sem comer a famosa iguaria.

Meu veredito: bom demais da conta. Uma carne super saborosa e macia, "coisa chique". Ainda prefiro a lagosta "comum", mas aí é questão de gosto mesmo. De que é bom não há dúvidas.

Depois de muito sofrimento, finalmente o tão procurado Marron

No dia seguinte acordamos e já pegamos a estrada com direção ao Valley of the Giants, uma floresta que fica numa cidade chamada Denmark. Nessa floresta tem a famosa Tree Top Walk, uma caminhada pelo alto de árvores bem altas. Não é nada de outro mundo, mas é bacana:







O próximo destino era a praia de Greens Pool, mas a fome tava apertando e no meio do caminho demos de cara com uma cervejaria enorme, o que nos "forçou" a parar. Boston Brewery é o nome do lugar, que tem vários ambientes internos e externos, comida boa e cerveja de altíssima qualidade. A única reclamação é mesmo com relação ao preço da comida, muito mais alto que a média.

Parte externa da cervejaria, com belíssima decoração

Degustação das cervejas fabricadas no local


E lá pelas 3 da tarde finalmente chegamos a Greens Pool, mais uma linda praia. Pequena, com pouca gente e cheia de rochas, é mais um pedaço de paraíso. Uma pena que o tempo não ajudou: tava muito nublado e às vezes até rolava uma garoa gelada, o que tirou um pouco o "brilho" do passeio.









Saímos de Greens Pool e dirigimos até Albany, onde dormimos. No dia seguinte, o quarto da viagem, encaramos as mais de 5 horas da viagem de volta até Perth. Chegamos lá pelas 4 da tarde, fizemos o check-in e fomos conhecer a praia em frente ao resort, mas aí já é assunto pro próximo post, que vai ser dedicado aos nossos passeios em Perth.

E não percam o último post, vai ser a melhor parte: Rottnest Island, com suas paradisíacas praias, as focas e leões marinhos e, claro, as fofíssimas Quokkas, uma mistura de canguru com wombat, que só existem na ilha. Acompanhem, vai valer a pena! :)